Pensar demasiado é prejudicial?

Coluna de Opinião na Mood Magazine

É daquelas pessoas que têm a cabeça constantemente a abarrotar de ideias confusas, e quanto mais tenta percebê-las pior se sente? Sempre que tenta raciocinar sobre os problemas, conclui que talvez seja melhor distrair-se ou não pensar de todo? Se é o caso, então talvez não se esteja a aperceber, mas não está a pensar: está a ruminar!

O pensamento é um processo mental que tem como função produzir esquemas de resolução de problemas.

Tenta-se perceber os passos necessários para atingir um estado de prazer, tolerando pelo meio as frustrações que fazem parte do caminho. É um processo criativo e progressivo, ao longo da vida sobem-se degraus, e à medida que um desafio é superado, se queremos ir mais longe vamos deparar-nos com outros. A experiência que se ganha neste decurso ajuda a que se tenha mais autoconfiança e a que se encarem os problemas seguintes com menos medo.

Se um problema causa demasiada frustração e leva a que se duvide da capacidade para lidar com a situação, instala-se uma angústia que se torna o foco da atenção. Neste caso, a mente fica tão saturada de “falsos-pensamentos” que não se consegue pensar, fica-se aprisionado num ruminar do sentimento de aflição.

Arranjar distrações ou deixar de pensar pode provocar uma sensação temporária de alívio, mas tende a agravar a situação porque na realidade não se está a investir na resolução de alguma coisa.

Como lidar com esta situação?

Tente perceber o que leva a que duvide da sua capacidade de lidar com a situação. Talvez esteja presa a um medo infundado e recorrente de não ter a capacidade de crescer e aprender a cuidar de si, e mesmo que não esteja completamente preparada para as circunstâncias, estará com receio de não ter quem se preocupe consigo para ajudar?

É normal sentir-se angústia, é um alerta interior para uma situação desconfortável, mas independentemente na raiz, não se esqueça que são raros os problemas que sejam graves e urgentes ao ponto de afetarem toda a sua vida. A maioria só provocará um incómodo parcial e temporário, e mesmo que seja muito desconfortável provavelmente não será perigoso ao ponto de ameaçar tudo o que conquistou na vida.

Se tem um problema, lembre-se que provavelmente terá tempo para pensar e arranjar uma solução, mesmo que essa passe por pedir ajuda!

2018-03-01T16:36:38+00:00