Costumo comentar frequentemente que se uma pessoa está a viver emoções, seja de tristeza, alegria, irritação, etc., provavelmente aconteceu alguma coisa na sua vida que provocou essa reacção, e medicar uma reação natural como se fosse uma doença é perverso.

medicar uma reação natural como se fosse uma doença é perverso.

Não só aumenta o problema em si, como faz com que os pacientes medicados desenvolvam uma auto-imagem distorcida.

Neste sentido, partilho um vídeo da Dr. Julie Holland, psiquiatra, que explica o tema no caso das mulheres que, contudo, é paralelo às vivências dos homens.

fonte: Antidepressivos: Tornam mais difícil de sentir Empatia,  Climax e Chorar: http://bigthink.com/videos/dr-julie-holland-on-antidepressants